Administrar uma empresa é uma tarefa bastante complexa, repleta de desafios e exigências. Empreender envolve uma série de elementos e atividades, todos estes que só podem efetivamente serem viabilizados se a companhia tiver condições financeiras suficientes para isso. E é aí que entra o planejamento financeiro.

Mas o que é planejamento financeiro? Como fazer o planejamento financeiro empresarial de forma inteligente e que traga resultados de fato? Continue lendo para saber as respostas!

O que é planejamento financeiro?

Antes de mais nada, vale a pena esclarecer que o planejamento financeiro corresponde a organização das finanças a fim de criar um verdadeiro escudo protetor das necessidades da empresa, além de ser uma ferramenta muitíssimo poderosa que permite alcançar objetivos e cumprir metas a curto, médio e longo prazo.

É a gestão financeira que dará todo o suporte necessário para o crescimento da empresa, visto que a existência de recursos e suas respectivas aplicações são exigidos no decorrer do desenvolvimento das atividades da companhia.

Ele é composto de uma série de etapas, que vão desde um diagnóstico das condições financeiras atuais da empresa até o controle de execução das estratégias que foram elencadas para pôr os planos em prática.

Por que é importante efetuar o planejamento financeiro?

Uma primeira razão que mostra o quão importante é o planejamento financeiro empresarial é uma maior clareza em relação a todas as movimentações financeiras que são realizadas, tanto no que diz respeito às despesas quanto às receitas que a empresa espera ter dentro de um determinado período.

Se forem realizadas projeções em conjunto com uma ótima análise de mercado e da experiência do cliente, tudo em consonância com os objetivos da empresa, isso faz do planejamento financeiro um dos instrumentos mais poderosos nas estratégias do negócio como um todo.

A principal função dessa modalidade de planejamento é proporcionar receita o bastante para que não somente ela continue funcionando, mas que tenha um bom lucro e até mesmo dinheiro para reinvestir no negócio.

Além disso, quando se faz esses planos, o gestor da empresa saberá para onde o dinheiro está efetivamente indo, ou seja, como, quando e onde está sendo gasto. E é com a ajuda desse tipo de controle que se torna capaz de evitar que a companhia passe por dificuldades financeiras e endividamento.

Outro aspecto importante é que ele auxilia a separar os gastos pessoais daqueles oriundos da empresa. A propósito, misturar despesas pessoais com as do negócio é uma das causas mais comuns do endividamento e mesmo falência de um empreendimento.

Além disso, com ele se consegue enxergar melhor as oportunidades e riscos, a fim de se agir de forma mais cautelosa, inteligente e precisa.

Como efetuar um bom planejamento financeiro empresarial?

Para fazer um bom planejamento financeiro empresarial, vale a pena seguir as dicas dadas abaixo:

Faça uma detalhada e profunda análise da situação atual

Na realidade, não existe nenhuma “receita de bolo”, pois cada companhia possui as suas particularidades e necessidades específicas. Por essa razão, o planejamento financeiro se inicia com uma análise profunda e detalhada da realidade atual da empresa.

Isso envolve não somente as receitas, despesas e custos, mas igualmente elementos que são pertinentes ao modelo de negócio, como os pontos fortes, os pontos fracos, os diferenciais, quem são os concorrentes, etc.

Elabore metas e objetivos para serem atingidos

Depois de ter feito um levantamento preciso sobre as condições vigentes na empresa será possível descobrir onde estão os eventuais erros, a fim de que se possa corrigi-los para melhorar os resultados obtidos.

Os objetivos são os resultados que se pretende obter. As metas, por sua vez, são as conquistas necessárias, com prazo estabelecido, para que se alcance, ao final do processo, os objetivos almejados.

Faça o controle do fluxo de caixa

É essencial registrar todo o dinheiro que entrar e sai da empresa, para que se consiga fazer efetivamente o controle financeiro. Além do registro individual de cada despesa e receita, o fluxo de caixa proporciona uma visão mais panorâmica do desenvolvimento financeiro.

A utilidade do BPO financeiro no planejamento

Para um sucesso concreto e mais robusto do planejamento financeiro da empresa nada mais acertado do que o BPO Financeiro. O BPO financeiro nada mais é do que a terceirização dos processos financeiros do seu empreendimento. Com isso, você gestor consegue economizar recursos, ter mão de obra especializada para cuidar desse setor tão importante e assim poderá focar nas atividades prioritárias da empresa.Já pensou em terceirizar os processos financeiros do seu negócio? Entre em contato conosco para conhecer nossos serviços!