Para quem tem um comércio eletrônico, pode imaginar que estará livre da burocracia. Mas não é bem assim: a DRE para e-commerce é uma das obrigações necessárias para o bom funcionamento do negócio.

DRE é a sigla para Demonstração do Resultado do Exercício, e como o próprio nome diz, visa identificar se o e-commerce teve lucro ou prejuízo em determinado período. Apesar da sua obrigatoriedade, há muitos empreendedores que têm dúvidas sobre seu preenchimento.

Para entender na prática como funciona a DRE para e-commerce, preparamos o artigo abaixo repleto de informações. Confira!

O que é DRE?

A Demonstração de Resultado do Exercício (DRE) é mais que apenas um documento qualquer. Ele é um relatório financeiro/contábil que mostra o resultado líquido (após todas as deduções) que uma empresa tem em um mês, por exemplo.

Sua emissão é uma das obrigações mais importantes de qualquer negócio e visa avaliar como foi o balanço contábil dentro do período medido, em geral de um mês. Ou seja, até mesmo para um e-commerce a emissão da DRE é de fundamental importância.

Afinal, a emissão da DRE para e-commerce dá mais suporte para o gestor saber como está seu negócio, ao mesmo tempo que o auxilia na tomada de decisão.

Leia também::: Como fazer a gestão de um e-commerce?

O que deve constar na DRE para e-commerce?

Emitir a DRE vai além de apenas preencher um documento. Muito ao contrário, para que ele seja condizente com a realidade do negócio, diversos pontos precisam ser observados, tais como:

Receitas

Toda e qualquer entrada de recurso na empresa precisa ser contabilizada. Seja ela oriunda da venda dos produtos, prestação de serviços ou recebimento de juros. 

Deduções e abatimentos

As deduções e abatimentos de impostos e outros tributos também precisam ser considerados. Em geral, isso ocorre por meio da incidência de impostos sobre os preços de venda (ICMS para mercadorias e ISS para serviços), descontos oferecidos para os clientes e as devoluções das vendas, por exemplo.

Receita líquida

A receita líquida, que é o resultado total das receitas, subtraindo o total das deduções e dos abatimentos, também precisa ser contabilizada.

Lucro bruto

É o resultado total das vendas, sem considerar todos os descontos.

Despesas administrativas

São despesas fixas que mantêm o e-commerce em funcionamento, mesmo quando não há qualquer tipo de venda. Nela se enquadram gastos com energia elétrica, água, aluguel, telefone, internet, entre outras.

Despesas com as vendas

São os custos que a empresa tem com pós-vendas e pagamento de comissões, por exemplo.

Despesas financeiras

Envolvem o pagamento de multas, juros e, até mesmo, variações cambiais (caso o seu e-commerce trabalhe com produtos importados, por exemplo).

Resultado antes do IRPJ e da CSLL

É o resultado do lucro bruto depois que as despesas são subtraídas. Aqui, não se considera o abatimento dos impostos sobre o faturamento.

Dedução do IRPJ e da CSLL

Aqui, é feito o abatimento do Imposto de Renda de Pessoa Jurídica (IRPJ) e da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) sobre o faturamento.

Resultado líquido

Após fazer todos os abatimentos sobre o lucro líquido, se chega ao resultado líquido, que é o dinheiro que realmente sobra no caixa. 

Leia também::: Entenda como criar um e-commerce do zero

Monte sua DRE

Com base nas informações listadas acima, é hora de você montar sua DRE para e-commerce. Para isso, considere cada movimentação econômica do seu negócio e tome nota.

Todos esses dados devem ser lançados no documento, que pode ser uma planilha. O importante é que tais informações sejam reais e que nenhum dado seja esquecido. Afinal de contas, deixar de lançar informações, ou informar valores diferentes do real, poderão gerar distorções que apenas afetarão o resultado final.

E caso exista inconsistência no resultado final da sua DRE, isso poderá afetar diretamente sua tomada de decisão. Ou seja, você pode imaginar que tem mais dinheiro do que realmente existe e fazer uma compra que não poderia ser realizada no momento, proporcionando um grave problema financeiro ao seu negócio.


Uma solução é contar com o apoio de uma empresa de contabilidade para a elaboração da sua DRE. E aqui na Grantime Contabilidade, somos também especialistas em e-commerces, permitindo que sua Demonstração de Resultado por Exercício seja ainda mais confiável.

Agora que você já sabe o que é a DRE para e-commerce, entre em contato com a Grantime Contabilidade. Estamos aqui para fazer seu negócio online prosperar!