Criar um e-commerce é o desejo de muitos empreendedores, já que esta ferramenta é necessária para quem quer aproveitar este mercado multiplicando seus lucros. 

Com a tecnologia e com as praticidades de comprar e receber o produto em casa, cada vez mais as compras são realizadas de forma online. 

Neste ano, as compras por sites tiveram um aumento de 153,5% em relação aos anos anteriores, antes da pandemia, nos primeiros cinco meses do ano, em relação a 2020, já chegaram a 74,4%. 

Por isso, cada vez mais é importante que as empresas invistam em ter seu ecommerce, agregando valor, tendo praticidade para atender seus clientes e com isso, conseguir muitos mais, já que é possível vender para outras localidades, com a utilização do envio dos produtos por empresas de logísticas

Entretanto, para começar a investir neste modelo de venda, algumas coisas precisam ser pensadas e realizadas. Pensando nisso, preparamos este material completo, para que você possa entender como criar um ecommerce do zero. 

Aproveite a leitura!  

Veja mais sobre Abertura de e-commerce: Como funciona 

Realize seu planejamento 

Antes de colocar em prática seu e-commerce, alguns pontos importantes precisam ser planejados. Para isso, faça algumas perguntas que nortearão seu planejamento e desenvolvimento de seu projeto. 

  • O que será vendido na internet? 
  • Qual seu orçamento? 
  • Quem serão seus clientes? 
  • Quais serão seus fornecedores? 
  • Você produzirá seu produto? 
  • Qual o nicho de mercado? 

Existem muitas opções do que oferecer para seus clientes, para não haver erros e você seguir seu planejamento à risca, tenha estas perguntas bem respondidas desde o início. Com certeza, você verá como será muito mais fácil com todo o projeto bem estipulado. 

Além disso, faça pesquisa de mercado, projetando também os custos relacionados à manutenção do seu e-commerce, além de outros gastos que você terá.  

Conheça seu público alvo 

Para vender para seu público é necessário encontrá-lo, por isso, pesquise tudo a respeito e entenda melhor quais são as suas necessidades e onde seu produto pode resolver. 

Por exemplo, se você quer ter um ecommerce que seja B2B (business to business), ou seja, sua empresa venderá produtos para outras empresas e não para o cliente final. Qual seria o local mais indicado para você se posicionar? 

Pensando em redes sociais, qual seria mais indicada para este modelo de negócio? Este tipo de público está muito mais engajado em redes como o LinkedIn, do que no Instagram. 

Pesquise, quais mídias seu público tem consumido, para assim traçar suas metas, nestes canais, e também as estratégias de marketing digital que vamos falar mais ao decorrer do conteúdo. 

Estabeleça canais de venda 

Tendo bem definido o público que você quer atingir e onde ele se encontra, você deve estar neste lugar com sua marca. 

Este é o momento que você deve decidir em qual canal investir, seja em uma loja virtual, utilizar as redes sociais, marketplaces ou dropshipping. 

Mas, ao escolher, não existe um canal melhor de vendas, tudo vai depender de seu nicho de mercado, de seu planejamento, orçamento e de como você quer atingir seu público alvo. 

Antes de lançar seu ecommerce do zero, veja as vantagens e desvantagens de cada um deles e o que melhor se encaixa em sua estratégia. 

Loja virtual 

Quando você cria um site de vendas, e utiliza esta plataforma para realizar seu e-commerce, tem mais autonomia sobre os produtos, onde pode realizar melhor a gestão de produtos, estoque, atendimento ao cliente e muito mais. 

Mas, será necessário encontrar uma plataforma que atenda às suas necessidades, de acordo com seu orçamento, e com todas as funcionalidades que você precisa para realizar a venda de seus produtos

Marketplace 

Uma das vantagens de utilizar esta ferramenta é que este modelo já possui autoridade mercadológica. 

Com esta ferramenta sua marca não será bem divulgada, já que a venda é feita pela própria plataforma, e não utiliza o nome da sua empresa. 

Para quem quer começar um e-commerce do zero, isso pode ser uma desvantagem já que não possui autoridade, e ainda sua marca não será vista pelos clientes. 

 Dropshipping 

Neste modelo de negócio, o e-commerce realiza a administração do estoque, produção, logística e entrega ao fornecedor. 

Ou seja, sua empresa atua como frente de loja, nas compras e cada venda realizada ao receber o valor da compra é dividido com o fornecedor, que entregará o produto ao cliente. 

Para quem não possui espaço físico, é uma ótima solução, mas ainda há um problema, porque não terá o controle do abastecimento dos produtos, velocidade de entrega entre outros pontos. 

Custos de um e-commerce 

Os custos de um e-commerce devem ser levados a sério e pensados com muita atenção antes mesmo de abrir seu negócio na internet. Você deve estar preparado financeiramente para investir em seu negócio

Deve ser levado em conta todos os gastos para iniciar o negócio, além de pensar nos custos para manter até que as vendas sejam satisfatórias de acordo com o planejamento realizado. 

Por isso, leve em consideração alguns pontos importantes: 

  • Estrutura da loja online (plataforma e recursos de TI) 
  • Divulgação 
  • Operação 

Mas, estes valores que você precisará investir devem ser pensados pelo tamanho da empresa, por isso, o investimento deve variar de acordo com o planejamento de seu negócio. 

Atendimento ao cliente 

O atendimento ao cliente é fundamental para que ele esteja satisfeito com seu produto. Por isso é muito importante que você esteja atento à experiência do usuário durante toda a jornada de compra em seu site. 

Seu cliente deve ter todas as informações necessárias para realizar a compra, com todas as suas dúvidas e questionamentos respondidos por você. Tanto antes da compra, quanto durante e ainda depois de sua compra. 

A comunicação deve ser feita onde o cliente está, nos canais que ele utiliza, já que você já sabe onde eles estão, com o público alvo bem estabelecido. Responda imediatamente, as perguntas que receber. 

Você pode ter mais de uma pessoa realizando o atendimento, mas não esqueça de ter um as respostas todas seguindo as mesmas informações para não ter problemas posteriormente.

Formas de pagamento 

As formas de pagamento devem ser escolhidas e realizadas da melhor forma para seu cliente, pois meios de pagamento facilitados garantem o sucesso do cliente e consequentemente, o sucesso do seu negócio. 

Além da facilidade de pagamentos, busque a segurança durante todo o processo, até a finalização do pedido. Muitos consumidores deixam de comprar em sites pela dificuldade de realizar o pagamento, com diversas etapas, ou com solicitações de informações em excesso. 

Logística  dos produtos 

Pensar na logística de entrega dos produtos de sua loja virtual é indispensável. Até mesmo porque, valores de frete, tempo de entrega impactam diretamente na satisfação do cliente. Por isso, você deve pensar atentamente nestes pontos também. 

Busque as melhores soluções para seus clientes, e para sua empresa. Pesquise e compare as taxas cobradas pelos Correios e por outras transportadoras, escolhendo o que for melhor levando em conta tempo de entrega e o valor. 

Muitos clientes estão em busca de frete grátis que pode ser uma ótima opção para você aumentar suas vendas. 

Além disso, as embalagens devem ser bem feitas, com cuidado para garantir que o produto chegará até o destinatário em segurança. Outro ponto que é importante ter em sua loja online é a política de troca e devoluções, assim como também, a operação da logística reversa. 

Marketing Digital 

Para começar o marketing digital, para divulgar sua marca e construir a presença online, é necessário realizar um bom planejamento de marketing. Para construir este plano, veja o que seus concorrentes estão realizando como estratégias e as ações que serão as mais assertivas para seu modelo de negócio.  

Algumas das estratégias que você pode adotar são: 

  • Redes sociais 
  • SEO 
  • Marketing de conteúdo 
  • Anúncios pagos (Google Ads, Facebook Ads etc)

Não esqueça de acompanhar e realizar o monitoramento contínuo dos resultados. Com isso, é possível otimizar suas ações, atraindo muito mais clientes, aumentando consequentemente suas vendas. 

Agora que você já sabe como começar do zero um e-commerce, é hora de colocar em prática todo nosso conteúdo. Antes não esqueça de acompanhar nosso perfil nas redes sociais, pelo facebook e pelo instagram

Além disso, aqui em nosso blog você encontra diversos conteúdos e com certeza te ajudarão como empreendedor, como por exemplo os principais desafios do e-commerce no Brasil