Você sabia que o Brasil é o segundo país do mundo com o maior número de academias? Segundo o Sebrae, o setor de academia cresce a cada ano, tamanha é a procura das pessoas em ter uma vida mais saudável.

Se você está planejando abrir uma academia e está com dúvidas de como fazer acontecer, mas não sabe como proceder, continue lendo que irei passar algumas dicas valiosas para você!

Que tal contratar uma contabilidade especializada em academias?

Para a abertura de academia é fundamental que você tenha certeza que esse é o seu objetivo e esteja disposto a investir nisso. Depois é de extrema importância que você tenha uma gestão para a sua academia

A Grantime Gestão Empresarial é o suporte que você precisa para poder deixar a sua academia mais organizada e em dia com as questões burocráticas. 

A falta de tempo dos profissionais de Educação Física e demais professores de áreas afins, impede que eles possam cuidar da gestão de maneira eficiente, por isso que uma contabilidade especializada em academias é um suporte muito utilizado por proprietários de academias.

Para conhecer mais sobre esse sistema de gestão e contabilidade, clique aqui.

O que você precisa saber para a abertura de academia?

Para ajudar você que sempre teve vontade de abrir uma academia, separei a seguinte listagem:

1 – Conheça o mercado

O primeiro passo para que você abra a sua academia é conhecer melhor o mercado de academias. Para isso você precisa pesquisar, conversar com as pessoas que tem academia e fazer uma análise de tudo que a envolva. Uma pesquisa da Revista Exame mostra que o mercado de academia está entre os mais preferidos pelos empreendedores brasileiros, uma vez que é cresce o número de pessoas preocupadas no cuidado com a saúde e a estética.

2 – Busque por conhecimento

Busque sempre por conhecimento sobre a área que deseja investir. Estude sobre ela, assista vídeos, palestras, faça cursos, procure conhecer a sua área desde os pontos negativos aos pontos positivos. Tente descobrir quais são as dificuldades de gestão em academias e quais as vantagens de ter uma academia.

3 – Quanto será o seu investimento?

Você precisa saber quanto irá investir na sua academia para poder ter os equipamentos necessários, reformas se for preciso, e todo o suporte. E se pode ter uma reserva financeira para o início dela, pois nem sempre o retorno financeiro é imediato. É melhor ter algum dinheiro guardado como precaução. 

4 – Defina o local do seu negócio

Procure o local que você abrirá a sua academia e alguém que possa ajudá-lo a montar um site para você. Esse local deve ser em uma área estratégica, ou seja, perto de praças, quadras, escolas, faculdade ou em locais que não tenham academias por perto, que seja acessível às pessoas.

5 – Elabore um plano de negócios

Você pode deixar tudo mais organizado e definido tendo um Plano de Negócio para Academia, que irá ajudar você a saber o que deve seguir e quais os seus objetivos com seu novo estabelecimento. 

A Grantime pode ajudar você a fazer o plano de negócio da sua academia, para que tudo fique mais organizado.

6 – Esclareça as questões burocráticas

Até agora as coisas não parecem tão difíceis para conseguir abrir uma academia, mas não podemos esquecer das questões burocráticas. Você precisa definir como será a abertura da sua academia, e para isso você precisará de uma contabilidade especializada em academias para auxiliá-lo. É nesse ponto que a Grantime Gestão Empresarial irá ajudar você.

Ela irá lhe esclarecer sobre as exigências legais e a documentação necessária para abrir sua academia de forma correta. Esse acompanhamento no início é essencial, principalmente para lhe orientar no cuidados dos seus recursos financeiros, auxiliando você na projeção do fluxo de caixa, estabelecendo seus gastos mensais: salários, energias, água, telefone, aluguel, condomínio, vigilância e segurança, e dando toda consultoria necessária, para que você tenha tudo esclarecido. 

Para abrir uma academia não há necessidade de ter curso superior, no entanto, a atividade de educação física é prerrogativa para os profissionais registrados nos Conselhos Regionais de Educação Física, nesse sentido a Grantime irá lhe ajudar também. 

Um dos primeiros passos para a sua abertura com uma contabilidade especializada em academias, é definir o tipo jurídico da sua empresa, onde iremos analisar seu caso e lhe propor a opção mais adequada, que poderá ser: 

  • Empresário Individual (EI) – É o tipo jurídico em que o próprio empreendedor tornar-se uma pessoa jurídica. Nesse modelo, não há distinção entre os bens que pertencem ao empreendedor e os bens da sua pessoa jurídica, ou seja, todos fazem parte do mesmo patrimônio, assim como as responsabilidades sobre as dívidas que também se comunicam. 
  • Empresário Individual de Responsabilidade Limitada (EIRELI) – Nesse tipo jurídico, há necessidade de comprovação de 100 salários mínimos para o capital social inicial, o que servirá de garantia aos credores da empresa, pois os bens do empreendedor que tem uma EIRELI, não são garantia sobre as dívidas da academia e vice-versa, pois não se comunicam.
  • Sociedade Limitada (LTDA) – Esse tipo jurídico, é utilizado quando a abertura de uma empresa possui dois ou mais sócios. Nesse modelo, não há necessidade de capital mínimo inicial e, cada sócio responsabiliza-se pelas dívidas conforme a proporção de sua participação societária, limitado ao capital.
  • Sociedade Limitada Unipessoal – Criada pela MP 881/2019 da Liberdade Econômica, esse novo tipo jurídico facilita o empreendedor que deseja abrir uma academia sozinho, preservando os seus bens particulares e sem a necessidade de ter a comprovação de capital mínimo.

Também é preciso definir a forma como pagar os impostos em uma academia, para isso a Grantime irá analisar seu negócio e encontrar uma solução, para lhe propor o regime tributário (Simples Nacional, Lucro Presumido ou Lucro Real) mais adequado para a sua academia. Inicialmente a sua empresa poderá ser enquadrada no Simples Nacional, segundo a LC 123/2006, podendo ter faturamento de até R$ 4.800.000.00 por ano. Normalmente, é um dos regimes tributários com menos impostos para pagar e o mais indicado para academia. Você pode consultar as tabelas do Simples Nacional aqui.

Se for ultrapassado esse limite de faturamento, a sua empresa passa a ser do Lucro Presumido, passando a pagar os tributos federais (PIS, COFINS, IRPJ, CSLL) e municipais (ISS) de forma separada. Mas o que realmente pesa no Lucro Presumido é a Contribuição Previdenciária Patronal, que normalmente é 28% sobre a folha de pagamento.

Excepcionalmente, sua academia poderá optar pelo Lucro Real.  Nesse caso é pago os impostos sobre o lucro líquido (IRPJ e CSLL) e há aproveitamento de créditos em alguns impostos (PIS e COFINS), sobre os gastos. No entanto, permanece a desvantagem da Contribuição Previdenciária Patronal.

Percebeu quantos assuntos burocráticos você precisará resolver referente a abertura de uma academia? Por isso, não deixe de definir isso o mais rápido que puder, com a ajuda da Grantime Gestão Empresarial.

Conte com uma contabilidade especializada em academias para auxiliar no seu crescimento.
Gostou do post? Que tal compartilhar nas suas redes sociais para que outras pessoas também conheçam a Grantime Gestão Empresarial?